INFOGRÁFICO: Pesquisa Google prevê até 20% de crescimento nas vendas da Black Friday 2017

A Black Friday se tornou a segunda data sazonal mais importante do varejo do Brasil, atrás apenas do Natal. Pesquisa feita pela Google apontou que a data, marcada para o dia 24 de novembro e que tem como característica a venda com descontos, já está consolidada entre os consumidores brasileiros. Para se ter uma ideia, 71% dos entrevistados afirmaram à Google já terem comprado no Black Friday. Em 2017, 68% dos entrevistados declararam sua intenção de fazer compras na próxima edição da data, um percentual que representa 7% mais pessoas que no ano passado.

A pesquisa da Google foi realizada com cerca de 800 brasileiros e-shoppers, de 18 a 54 anos, das classes A, B e C, nas cinco regiões do país, durante julho. Pelos números apresentados no último dia 22 de agosto, as vendas do varejo online na Black Friday, em comparação com a edição do ano passado,  devem crescer entre 15% e 20%, com previsão de faturamento na casa de R$ 2,2 bilhões.

Dados revelam comportamento do consumidor online

Um dos pontos em destaque na pesquisa da Google é que a Black Friday está se diversificando. Ou seja, as grandes categorias continuam fortes na data, mas a variedade de produtos comprados vem crescendo e no último ano aumentou de 3,4 para 3,9 itens. Celulares/smartphones e roupas femininas lideram o ranking de intenção de compra para a Black Firday deste ano, com 39%. Em seguida aparecem passagens aéreas/hotéis, com 36%.

A pesquisa revelou ainda que para 33% dos entrevistados a Black Friday é o momento de comprar algo que se desejava há tempos. Já 25% dos entrevistados disseram aproveita a data para uma compra de abastecimento, enquanto que 17% revelaram que suas compras na Black Friday são por impulso.

Além disso, a Google colheu informações sobre o hábito do público sobre a decisão de compra. De acordo com os dados divulgas, o consumidor começa a fazer pesquisas sobre os produtos para comprar na Black Friday cerca de 15 dias antes da data. Embora 79% das pessoas afirmem ter comprado na própria sexta-feira, 21% afirmam que compraram na quinta-feira ou no final de semana.

No ano passado, o principal fator na hora de escolher uma loja era preço, seguido de opções de parcelamento. Em 2017, preço continua sendo o principal atributo na hora da decisão, porém, confiança na loja e confiança na marca aparecem logo depois na lista. Diferente de 2016, o pagamento parcelado não está entre as principais preocupações dos consumidores e aparece apenas em quarto lugar, depois de frete.

Veja os gráficos da pesquisa Google sobre a Black Friday.











Com informações do Think with Google