Indústria catarinense tem melhor índice de confiança para outubro desde 2010

Foto: Agência Brasil

O Índice de Confiança do Empresário Industrial de Santa Catarina (ICEI) registrou 57,4 pontos em outubro, de acordo com a pesquisa da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Este é o melhor resultado para o mês desde 2010, embora levemente abaixo do registrado em setembro (57,8 pontos).

O ICEI é calculado com base na avaliação das condições atuais e das expectativas dos empresários em termos de economia nacional, catarinense e empresa. Essa avaliação é segmentada para a indústria geral, indústria de transformação e construção civil. Apesar do decréscimo em comparação com setembro, o levantamento mantém as expectativas otimistas e, pela primeira vez no ano, a confiança do empresário da construção civil ultrapassou a faixa dos 50 pontos. O índice varia no intervalo de 0 a 100. Acima de 50 pontos indica confiança e abaixo, falta de confiança na economia.

A pesquisa revela que a queda da confiança observada em outubro é reflexo do leve recuo do otimismo nas condições atuais e nas expectativas dos empresários das indústrias de pequeno e médio portes. Para eles, o ICEI é de 52,7 e 54,5 pontos, respectivamente, contra 62,4 pontos nas grandes empresas. O crescimento no indicador de confiança dos empresários está ancorado, especialmente, na percepção das condições atuais, que se ampliou nas indústrias de todos os segmentos. Puxado fortemente pelas grandes empresas, o ICEI específico para a construção civil entrou na faixa otimista e, a depender da realização das expectativas, tende a permanecer neste intervalo, mostra o levantamento.

Com informações da FIESC